23/01/2013

Configurando o Encore para maior qualidade na criação de DVD.


Exportar com qualidade de HD para DVD é a dúvida que, de longe, eu mais respondo aqui no blog. Em primeiro lugar a gente está achando o DVD muito ruim porque nossos olhos já se habituaram ao HD. O DVD sempre foi ruim. Nada mudou a não ser o nosso olhar mais acostumado com o HD. Mas, costume ou não, o problema existe. Então vamos tentar contornar.

O bom DVD e o bom BluRay que tem imagem perfeita e excelente qualidade, começa na captura do vídeo. Se você está usando uma câmera de vídeo que tenha 30P use essa configuração. Se tiver 60P pode usar se houverem cenas com muito movimento no seu vídeo, tipo pessoas correndo ou carros em alta velocidade. Você pode até usar as duas taxas de frame no mesmo vídeo. Em cenas mais paradas como entrevistas e palestras o  30P é melhor. Também devemos usar sempre a melhor qualidade que a câmera possui. Nada de tentar economizar espaço em disco ou cartão usando configurações mais baixas. A qualidade de um vídeo em HD 1920 x 1080 @ 17 Mb/s é bem inferior a mesma configuração só que gravada @ 24 Mb/s. É a tal opção FH ou FX nas Sony E Panasonic. Use sempre a qualidade máxima na hora da captura.


Deixar a câmera totalmente no manual também vai ajudar muito. Aliás câmera profissional nem deveria ter o modo automático. Deixe sempre a velocidade de diafragma em 1/60. No modo automático a câmera pode variar essa velocidade de 1/30 até 1/2000. Aí é pau na qualidade. A íris deve sempre ficar o mais aberta possível. Se a lente tiver  f1.6 use. E se estiver dando estouro de branco ou muita luz, use Filtros ND ¼ ou 1/16 ou 1/64 para controlar e corrigir a luz. Faça o ajuste fino fechando um ponto na íris (f 3 por exemplo). Evite usar o zoom que acaba fechando a íris mesmo se você colocar  em modo manual. Se aproxime do objeto quando possível usando a lente no modo wide. Use suas pernas, não use o zoom!

Com isso você consegue alguma profundidade de campo, desfocando o segundo plano ligeiramente e com isso, na hora do DVD, evitando ter toda a imagem focada (primeiro e segundo planos) e com isso mostrar mais defeitos. Feito isso, vamos partir para a edição. Ok, você já usa o Dynamic Link no Premiere (se não usa ou não conhece, veja aqui no blog o tutorial) . Mas na hora de abrir um projeto, use uma timeline progressiva AVCHD 1080P30, já que seu vídeo deve ser filmado em  progressivo. Na hora de exportar, pelo Dynamic Link, por padrão, ele não deixará você alterar as especificações do BluRay ou do DVD na primeira tela. Se for DVD, vai sempre ser setado como 720 x 480 60i (entrelaçado) lower field first. E aí mora o perigo. Transformar um vídeo progressivo em DVD com modo entrelaçado SD (padrão da maioria dos programas de autoração) é a raiz de toda perda de qualidade e definição.

Depois que o Encore abriu e seu projeto aparece na timeline do Encoder, clique em File > Edit Quality Presets e vai abrir uma nova janela. Em Export Settings mude o preset para NYSC Progressive Hight Quality 7Mbs VBR 2 Pass. Mais em baixo, na aba Vídeo, mude apenas o Pixel Aspect Ratio para Standart 4/3 se quiser um DVD formato 4/3 que funciona  melhor em TVs antigas de tubo de imagem ou mude para Wide Screen 16/9 se quiser um DVD formato wide para TV’s de LCD, Plasma ou monitores de computador e web. Clique em OK e vai abrir uma janela para você salvar esse preset para usar no futuro.

Agora clique na aba Project, em cima, no lado esquerdo da tela do Encore. Aparecem 2 sequencias. A primeira linha com final N/A e a segunda com a sequencia importada do Premiere. Clique nessa segunda linha como o botão direito e depois em Transcode Settings. Vai abrir outra janela. Na aba DVD Transcoding verifique se o preset é o mesmo que você salvou antes. Clique no lado direito dessa tela em Edit Quality Presets e verifique se está tudo em ordem e se o pixel aspect ratio está como deseja (4:3 ou 16:9). Se estiver errado corrija e dê ok e vai aparecer uma janela pedindo para salvar esse preset. Salve e feche.

Clique novamente em File > Project Settings e na aba Basic clique na caixa Default Transcode Settings e na janela que vai abrir, clique na aba Maximum Audio/Video Bitrate que deve estar marcando 8Mb/s e escolha uma velocidade menor, digamos 7Mb/s. A velocidade de 8Mb/s seria a ideal, mas talvez o aparelho de DVD do seu cliente, se for antigo, não consiga ler. Se 7MB/s ainda for alto (isso se o cliente reclamar que o DVD está travando)  crie outro DVD com as mesmas especificações acima mas baixe o bit rate dessa aba para 5 ou 6 Mb/s.

Pronto. Depois de toda essa via crucis,  você deverá ter um DVD de maior qualidade. Esse DVD será progressivo e não mais entrelaçado, como o padrão do Encore. A qualidade será melhor. Pode acontecer do seu cliente ter um aparelho tão antigo que não leia DVD Progressivo. Aí não tem jeito. Tem que deixar no padrão mesmo do Encore, que é DVD NTSC entrelaçado, avisar ao cliente que a qualidade vai ficar ruim por conta disso e sugerir que ele compre um aparelho BluRay que, convenhamos,  anda a preço de banana.  E assim acabar com os nossos problemas, porque, na verdade, o padrão DVD já tinha que ter sumido do mapa há muito tempo.

Faça os testes e veja se a qualidade ficou melhor e me reportem aqui no blog.

Grande abraço!

Marcelo Ruiz

44 comentários:

  1. ola boa noite Marcelo!!
    atravez de suas dicas ja consegui quasr 80 % da configuração do encore
    no meu primeiro projeto q. enviei pro encore, fiz as alterações q. vc citou no encore
    porem uma das configurações nao ativa aparece desativada
    seria a que vc clica com a direita em cima da timiline pra alterar o precet
    ela aparece apagada ai nao tem como alterar por ali tb.
    vc pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João,

      Não entendi direito. Clicar em cima da timeline? Ou vc quis dizer clicar em cima do asset na janela de projetos?

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  2. Boa noite Marcelo, tudo bem?
    Parabéns pelo blog.
    Será que consegue me ajudar.

    Exportei um projeto do Premiere em Bluray H264
    Quando estou autorando no Encore no final aparece erro codec 06
    Não encontrei nenhum solução pra isso...Já tentei outras maneiras e continua dando este erro.
    Obrigado pela atenção...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Greyci,

      Experimenta exportar somente o áudio do projeto no Premiere e depois substituir o áudio original dos videos na timeline pelo arquivo wave que vc acabou de exportar e depois manda para o Encore via Adobe Dynamic Link e vê se resolve.

      Abraços,

      Marcelo Ruiz


      Excluir
  3. Esqueci de dizer as versões dos programas.

    Estou usando o Adobe CS6

    ResponderExcluir
  4. Ola Marcelo,

    tenho um problema no encore cs5. Quando coloco o projeto para finalizar e gravar no dvd ou criar uma imagem, no final da um erro "encode falied" procurei varias vezes, mas não achei solução. Você sabe o que é esse erro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antonio,

      Esse erro está relacionado a vários fatores. Mas inicialmente sugiro que atualize todos os aplicativos da Suite CS5 que vc tem instalado, com as ultimas versões disponíveis no site da Adobe. Depois de fazer isso,abra o Encore como administrador, clicando com o botão direito do mouse no atalho ao invés de abrir direto com o esquerdo. Aí tente rodar o projeto e me avisa se deu certo.

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  5. Olá Marcelo! Estou tentando autorar blu-ray pelo encore cs5 e está gerando o seguinte erro: Object: Error: "internal error 11 (file path not found)', Code: "11", Note: "path=H:\'' | Sabe me dizer o que pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fidélis,

      Esse drive H: é um driver fixo na maquina ou um driver externo ou leitor de cartão? Ele não está achando um arquivo. Pode ser também que vc esteja tentando autorar um Blu-Ray com um arquivo de vídeo com áudio indexado (muxed audio) Quando o Encore acaba de transcodificar o vídeo ele elimina o arquivo de preview e o áudio vai embora. Aí ele dá esse erro. É um bug. A solução é vc exportar o áudio separado do vídeo e colocar os 2 juntos na timeline do Encore. Deve resolver.

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  6. Marcelo, outro dia eu baixei desenhos com arquivo mkv, foi extraído de blue ray, depois usei o winavi pra converter pra dvd, e usei o dvd shrink pra pra criar um iso de imagem do arquivo, gravei no dvd, ate ai blz, so que tem um porem, a imagem ficou boa mas em compensacão o audio ficou uma merda, porque falha volta e meia, o que poderia ser Marcelo, da uma luz ai vlw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto,

      Eu não entendo e nem comento nada relativo a esse tipo de conteúdo. Veja bem, vc está usando programas que não são da área profissional de vídeo e cinema e aqui no blog tratamos apenas desses assuntos.

      Grato pela visita.

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  7. Eu sempre passo por esse problema que você resolveu na publicação, e nenhum colega sabia me ajudar. Primeiramente, obrigada por se dedicar à isso! Fiquei feliz em achar uma possível solução!
    Agora, abusando da sua boa vontade, se puder ajudar: segui os passos descritos, mas não consigo alterar nada quando está em "DVD", apenas quando está em "BluRay". Em "DVD" não tenho opção para aumentar a resolução do vídeo em nenhuma das janelas citadas, mas em "BluRay", eu consigo fazer tudo o que você indica.
    Então eu só posso gravar em HD o BluRay? :/
    (Uso o Encore CS5 num Mac) - OBRIGADA!

    Giovanna Svizzero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giovanna,

      Sim, está correto. Alta Definição só pode ser gravada em discos BluRay. Discos DVD aceitam apenas SD 720 x 480 4:3 ou 16:9.

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  8. Marcelo, seguindo os passos descritos no seu post,quando mudo o Pixel Aspect Ratio para Wide Screen 16/9 o preset NTSC Progressive Hight Quality 7Mbs VBR 2 Pass, muda automaticamente para custom. Isto está correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, corretíssimo. Porque vc está "customizando" um formato padrão ao seu modo. Vc pode inclusive salvar esse formato com um novo nome para usar no futuro.

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  9. Bom dia Marcelo!
    Graças as suas explicações tenho conseguido fazer alguns trabalhos no premiere e no encore CS6. Esse blog tem sido de grande ajuda para pessoas inexperientes como eu. Porém estou com uma dúvida. tem muita diferença de qualidade entre VBR1 pass e VBR2 pass? VBR2 pass demora o dobro do tempo para criar um dvd. E outra o dvd em CBR fica maior em tamanho, mas fica melhor do que VBR 1 pass?? Grato, amigo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo,

      Se seu vídeo não tem cenas complexas com muito movimento de câmera e objetos se movimentando rápido no quadro, não faz muita diferença entre VBR1 ou 2 passes. Os dois passes são exatamente para aperfeiçoar a compressão do vídeo nas passagens de maior movimento, onde no primeiro passe o programa faz uma análise dos trechos do vídeo onde vai necessitar de maior taxa de dados e se programa para no encodamento final, no segundo passe, fazer isso.
      Eu prefiro trabalhar em CBR na maior taxa possível para DVD que é 9MB/s, mesmo com a desvantagem de caber apenas 70 minutos de vídeo em um DVD de uma camada. No caso de precisar colocar mais tempo de vídeo use o de 2 camadas. É por isso que os DVD profissionais de filmes que a gente compra na loja tem imagem boa. A amioria é CBR @ 9 MB/s e são DVDs de dupla camada com espaço total de 9GB.

      Grande abraço!

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  10. Marcelo, preciso de ajuda, estou editando meu primeiro casamento, tenho uma maquina e as configuraçoes são: i7-3770 processador 3,5ghz, 16gb memoria modelo corsair 1866, HD de 1TB particionado 400gb pro C: , fonte de 1000w corsair, placa de video Gtx 460, windows7 ultimate 64bits e uso o premiere cs6 para editar.

    MEU PROBLEMA:

    Cliente pediu em dvd, exporto em MPEG2(DVD) e demora demais o render, ja configurei a placa GPU cuda no premiere para acelerar o processo mais mesmo assim demora de 3 a 4 horas um video de 50minutos

    Gostaria de saber se existe uma configuração ou hardwere que acelerar o processo de render?

    Obrigado.

    Att

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe sim Christopher... minhas ilhas de edição Thunderbird III 2014.... risos... aí vc não terá mais problemas. Mas no seu caso o erro está no HD único e particionado que só piora as coisas. Receita do seu bolo:

      1 SSD HD de 180 GB somente para o Sistema Operacional e os programas;
      1 conjunto com, no mínimo 2 HDs convencionais Seagate Barracuda 7200 rpm Sata III de 1 TB configurados em Raid 0 para receber APENAS seu material bruto (videos para editar, áudios e fotos)
      Outro conjunto de 2 HD´s com as mesmas especificações do primeiro conjunto tb em Raid 0 para onde vão os arquivos de projeto do Premiere e outros projetos de outros programas como o After e o Encore e para receber tb os arquivos temporários de render e cache de projeto.

      Seu gargalo está aí meu amigo. Depois disso a máquina vai gastar apenas 70 minutos para seu vídeo de 50 minutos ou menos, dependendo dos demais ajustes do seu computador.

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  11. Marcelo, tudo ok? Parabéns pelo blog !! É o seguinte: tenho um vídeo de 8 horas e estou autorando um DVD. Queria dar saída do arquivo em imagem .iso, já que um vídeo desta duração não vai caber num DVD comum nem num dual layer sem perder muita qualidade. Pois então, o DVD está dando 18Gb, o que teoricamente sairia de boa numa iso com tamanho setado manualmente para 25Gb, por exemplo. O problema é que o encore não quer criar a iso, diz que o projeto é muito grande para um DVD. Mas poxa, se dá a opção de criar uma iso, minha ideia não deveria funcionar? Na verdade minha intenção era salvar essa iso em HD (que tem espaço de sobra) e depois gravar essa mesma iso num blu ray. Alguma solução pra isso? Tem alguma sugestão? Muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É porque ele está pensando que é uma ISO para DVD e o tamanho máximo tem que ser 4,6 GB. Já tentou criar a ISO mas abrindo um projeto para BluRay no Encore?

      Excluir
    2. Marcelo, era isso mesmo. Pura distração minha. Muito obrigado !!

      Excluir
  12. Marcelo, estou tentando exportar através do encore cs6 um arquivo em HD para DVD, como sempre faço. No entanto o encore não esta mais reconhecendo que o comando é para encodar o formato HD para SD(MPEG2-DVD) como fazia antes. O que pode ser?

    Obrigado.

    Emerson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emerson,

      Não entendi muito bem a pergunta. Dá mais pistas vai... o que acontece? Ele exporta em HD? Trava?

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  13. Bom dia Marcelo e Parabéns pelo trabalho.
    Eu edito todo trabalho em dvd pelo Edius e exporto para Encore Cs.5 pelo ProCoder-3.
    Se eu posso usar esse mesmo preset do premiere, para melhor qualidade.
    Abç bgduuuu

    ResponderExcluir
  14. Olá Marcelo, Gostei muito das reposta sobre erros a cima, já me ajudaram muito, porem estou com uma duvida. Tenho um projeto em blu-ray e o total de espaço dos meus vídeos em disco é de 22 GB mais quando passo pro encore ele joga para 6,8 GB e acabo usando muito pouco do meu blu-ray que é de 25 GB. Preciso usar mais do meu blu-ray mais não sei como, talvez exportar em outro formato ou configurar o encore para não reduzir... qualquer ajuda seria otima, Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o espaço total dos vídeos brutos antes da edição tem um tamanho e o produto final da sua edição pode ter outro. Principalmente por conta dos cortes. Mas se vc está exportando antes de enviar para o Encore, o problema pode estar aí nas configurações de exportação. Derrepente vc está usando um preset com taxa de dados baixa, mais adequado a internet ou seus vídeos brutos estão em mpeg e vc está exportando como h.264 que tem mais compressão.

      Você já experimentou enviar o vídeo editado direto da timeline para o Encore usando o Adobe Dynamic Link? A qualidade pode melhorar.

      Abraços,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  15. Marcelo, admiro muito seu trabalho e esforço em tirar nossas dúvidas. Atualmente estou usando um aparelho chamado HD Média Player para reproduzir vídeos de Pen Drives direto na TV. Estou em dúvida quanto a melhor taxa de bits para encodar o vídeo, sem necessariamente ter um vídeo muito pesado. Necessito fazer encode de vídeos nos formatos SD, HD e Full HD usando o Premiere CS6. Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Marcelo, quero parabenizá-lo pelo seu excelente trabalho em tirar nossa dúvidas. Raridade ver pessoas como você que tem prazer em ajudar, sem cobrar por isso. Atualmente estou usando um HD Média Player para reproduzir vídeos de pendrive em TV. Estou fazendo encode no premiere CS6. Como posso usar a melhor taxa de bits sem necessariamente ter um arquivo muito pesado? Exporto em SD(MPEG2); HD(H.264) e Full HD (H.264). Grande abraço.

    ResponderExcluir
  17. Então Marcelo, ele exporta em HD normal, mas quando vou exportar um projeto em HD para SD pelo encore, ele não reconhece e exporta no formato original HD...Começou este problema faz pouco tempo...

    Abrcs

    Emerson

    ResponderExcluir
  18. Boa Noite Marcelo!
    Tenho jogos de futebol antigo a maioria das imagens é analógico, jogos da década de 80, 90. Gostaria de editá-los ou melhor dizendo (remasterizar) para HD e depois gravar em DVD dual ou Bluray. No entanto não encontrei nenhum tutorial que explica como se faz isso no Premiere CS6. encontrei algumas videos aulas ensinando no Sony Vegas Pro. Mas estou gostando de trabalhar com o Premiere. Você sabe como se faz isso no Premiere? Ou tem que ter algum programa específico?

    ResponderExcluir
  19. Marcelo estou com 1 video em HD 1440x1080 30p , com 6 horas de duração , qual o melhor Formato para exportar (pelo Final Cut) e gravar no Enconre em midia de DVD ? desde ja obrigado

    ResponderExcluir
  20. Marcelo, boa tarde!
    Estou trabalhando com meu gravador de Blu-Ray há pouquíssimo tempo.
    Edito meus vídeos no Final Cut Pro 7. Gravo os vídeos na Canon 60d em FullHD a 29,97fps. Ao passar para minha máquina (iMac) eu converto os vídeos para Apple ProRes 422 (LT) para poder trabalhar tranquilo no Final Cut sem ficar lento e pedindo render all.
    Exporto o arquivo final usando a mesma timeline que editei (não cubro o material) e o arquivo final .MOV eu importo no Encore CS 5.1 e faço a autoração do Blu-Ray.
    Seleciono Blu-Ray no programa e gravo por ali mesmo.
    Meu problema é que um arquivo de 18gb fica com 3gb quando finalizo o material e gravo a mídia.
    É assim mesmo? Estou fazendo tudo errado?
    Obrigado e aguardo retorno.
    Abs,
    Paulo L. Credidio

    ResponderExcluir
  21. No meu caso não deu certo. A imagem, nas bordas, ficou como se tivesse uma persiana.
    A unica diferença é que meu Timeline no Premiere é DSLR Format 1080p.

    ResponderExcluir
  22. Olá, primeiramente queria dizer que você esta fazendo um ótimo trabalho com este blog.

    Fechei um dvd em 16:9 e no pc ficou normal, tudo ok. Mas ao colocar em um dvd (fiz o teste em 2) a tv corta a parte de cima e de baixo. O que pode ser isso? Nunca aconteceu antes.

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A TV é convencional de tubo de imagem das antigas ou já é LCD widescreen?

      Excluir
  23. Boa tarde!
    Por favor gostaria de uma ajuda.
    1-Faço edição de video no premiere cs6, os videos que importo estão em HDV,
    vou te passar as configurações de importação:

    HDV 1080(60I)
    video setting:
    frame size 1440x1080(1.333)
    frame rate 29.97 frame/sec
    pixel aspect ratio = HD anamorphic 1080(1.333)
    field: upper frield first

    audio setting:
    sample rate:48:00 sample seconds
    defaul sec
    total video traks 3
    master track - type : stereo
    audio tracks:
    audio 1,2,3 standard

    2- depois faço a ponte pelo Dynamic link do adobe premiere para o encore, Faço menu e exporto em iso uma copia
    em blue-ray e outra em DVD.
    **A MINHA DIFICULDADE É A SEGUINTE: QUANDO EXPORTO EM ISO PARA DVD PERDE MUITA QUALIDADE DE IMAGEM
    QUANDO A FILMAGEM É FEITA A DISTANCIA O ROSTO DAS PESSOAS FICAM SUMINDO (NO DVD).
    AQUAL A MELHOR CONFIGURAÇÃO PARA EXPORTAR ESSE VIDEO FILMADO EM HDV PARA DVD
    SEM PERDA DE QUALIDADE.
    OBRIGADO
    RAPHAEL ANDRADE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raphael,

      Se vc exportar um vídeo entrelaçado Upper Field First para um DVD que é Lower Field First vai perder qualidade e ter muito combbing ( serrilhado) pelo erro da ordem dos campos. A solução é exportar para o DVD como progressivo, mas mesmo assim haverá perda, pois um campo do video entrelaçado (metade das linhas horizontais) será perdido, sendo essas linhas duplicadas do frame que ficar. Mas leia o artigo que está aqui no blog no link:

      http://olharmultimidiatec.blogspot.com.br/2012/02/exportacao-de-material-hd-para-dvd.html

      E depois me fale alguma coisa.

      Grande abraço!

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  24. Olá Marcelo, Estive lendo seu tutorial, e está de parabéns!!! É muito difícil encontrar alguém como vc, que é disposto a compartilhar seu conhecimentos, é de grande valia para todos nós! Trabalho em uma produtora de video e estou tendo um problema que até agora não havia visto. Edito no Premiere CS6 e uso o Dinamic Link sem problemas. Acontece que fiz um projeto e gravei normalmente o ISO de BD. Assisti e esta tudo normal, no mesmo projeto, fiz um ISO para DVD 9 e o gravei, quando assistido, os links não correspondem e o video está cortado ou seja não está completo. No projeto está tudo normal assisti no prewiew normalmente, já fiz vários projetos da mesma maneira e sempre ficaram bons. (Já refiz varias vezes o projeto usando o dinamic link e tb renderizando o video no premiere para depois autora-lo no encore sem sucesso. Dá o mesmo defeito...o que pode ser? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso tem a ver com o setup correto do ponto onde o fluxo de vídeo vai parar na primeira camada e começar na segunda. Eu não sou especialista em autoração de mídia, que é uma ciência à parte da edição de tão complicada que é. Tem umas regras pra determinar em que setor da mídia esse marcação deve ser feita pelo Encore. Eu jpa tive esse problema na produtora e minha sócia quebrou a cabeça para resolver e era isso. Mas não me lembro onde fica exatamente essa função no encore. MAs se vc colocar esse assunto no Google vai achar fácil., Procura por cálculo do ponto de mudança de camada em dvd9 que vc acha.

      Grande abraço,

      Marcelo Ruiz

      Excluir
  25. Olá bom dia Marcelo trabalho com casamento é estou tendo um problema com a gravação uso o programa Adobe Encore CS6 ela grava normal não mostra nenhum erro só que quando ponho no dvd pra tocar ele fica travando Será que vc pode me ajuda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe a demora em responder... estava hospitalizado e vi seu email mas não pude responder. O que parece é que a taxa de bits por segundo está alta. Na exportação do vídeo no CS6, que normalmente comanda a abertura do Encore para gerar o DVD tem diversos campos para vc escolher a qualidade do vídeo. Um deles são os kbps. Quanto maior melhor, é verdade. E o arquivo também ocupará mais espaço no DVD. Mesmo que o vídeo final seja pequeno (menos de 2 horas que é o que cabe no DVD) não adianta subir a taxa de dados por segundo pq a maioria dos tocadores de DVD só conseguem ler o máximo de 5 Mbps. Geralmente os editores tentam exportar com 9 Mbps e dá esse problema. O DVD pronto muitas vezes até roda na sua ilha de edição, principalmente se a unidade ótica for Bluray/DVD combinadas. Mas o vídeo vai dar essas travadas se for visto em aparelhos de DVD, principalmente os mais antigos. Eu sugiro usar por segurança uma taxa de encodamento de 4,6 Mbps. Vai tocar sem travar em qualquer aparelho. Grande abraço!

      Excluir
  26. Boa tarde Marcelo, me tira uma dúvida amigo, minha filmadora é uma Panasonic agac90 ela filma em vários modos, meus clientes a maioria querem em DVD, em qual formato devo filmar para ter uma boa qualidade em DVD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sugiro sempre captar na melhor resolução que vc puder. No caso de sua câmera, seria em Full HD 1920 x 1080 60fps. A vantagem disso é que vc pode reenquadrar o vídeo para o formato SD 480p na timeline de edição. Dá pra fazer inclusive pans e zoom virtual, já que a imagem original que vc captou em HD é bem maior que o quadro de vídeo em baixa resolução (formato do DVD). A vantagem de filmar em 60 frames é que vc tb pode fazer uns trechos em câmera lenta editando o trecho que vc quer (que foi captado a 60fps) em uma timeline de 30 fps, Vc terá uma câmera lenta suave de 2x da velocidade normal. Grande abraço!

      Excluir

Obrigado por sua participação! Asim que eu puder, vou responder! Volte sempre!

Marcelo Ruiz